Queda de mama secundária após o implante de silicone curitiba

Queda de mama secundária após o implante de silicone

Queda de mama secundária após o implante de silicone

A mamoplastia de aumento é um dos procedimentos mais procurados pelas pacientes. A razão por trás dessa demanda está alinhada com o papel importante da mama na sexualidade feminina e ao bem estar psicossocial da mulher.

Uma pergunta comum das pacientes é se a mama poderá cair depois do implante de silicone, ocorrência conhecida como ptose mamária.

Esse é um tema muito importante de discutir com a paciente antes da cirurgia, visto que o principal objetivo do implante de silicone é aumentar o volume da mama e melhorar o seu posicionamento.

Porém é possível que a mama possa cair após a cirurgia, e essa possibilidade tem vários fatores, como:

  •         Espessura da pele da paciente;
  •         Flacidez;
  •         Ganho de peso e perda de peso;
  •         Hábitos alimentares incorretos;
  •         Flacidez muscular;
  •         Peso da prótese.

Em estudos realizados com pacientes após a cirurgia de implante de silicone, foi identificado um percentual pequeno de casos com algum tipo de queda ou alteração no resultado, sendo que, em todos, a modificação foi leve ou moderada.

É muito difícil controlar o que irá acontecer depois da cirurgia, pois cada pessoa tem um organismo diferente. Via de regra, tomamos todos os cuidados para escolher o tipo de prótese e a fixação mais adequada para a paciente.

O tecido mamário, depois da cirurgia, continua sofrendo com fatores como os efeitos da gravidade, o envelhecimento da pele e o aumento da flacidez. que podem favorecer a queda das mamas.

Além disso, a cicatrização e o tipo de pele também diferem de pessoa para pessoa.

O tratamento da ptose mamária exige combinações de técnicas complexas e cuidadosa análise pré-operatória para a definição das melhores técnicas a serem utilizadas, diminuindo a necessidade de revisões cirúrgicas, buscando mais harmonia e durabilidade da cirurgia.