não existe beleza ideal

Não existe beleza ideal

É comum que, com o fenômeno das redes sociais e a exaltação das fotos bonitas, haja uma busca constante pela “beleza ideal”, refletindo-se essa procura também em clínicas de cirurgia plástica.

Porém, a verdade é que a tal “beleza ideal” é um mito que, não só é irrealista, como pode gerar diversos problemas a saúde de quem busca atingir um resultado que não pode ser alcançado.

Ao entrar em um consultório de cirurgia plástica, a paciente deve ser orientada pelo cirurgião que, mais do que alcançar um padrão estético, a cirurgia plástica com bons resultados é aquela que traz resultados satisfatórios ao paciente.

Sendo assim, é importante traçar uma cirurgia que atue com foco nas necessidades da paciente e que possam ser realistas de serem alcançadas, com todas as dúvidas sobre o procedimento sendo sanadas durante o atendimento.

Apesar de parecer simples, este motivo faz com que muitas cirurgias sejam negadas pelo cirurgião, pois muitas pessoas possuem expectativas irrealistas e podem se frustrar com o resultado do procedimento.

 

ALYSSON MATIOSKI

O Dr. Alysson Matioski é um cirurgião plástico formado em Medicina pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) com especialização em cirurgia geral pelo Hospital Santa Casa de Misericórdia de Curitiba, com diversas participações em congressos locais e nacionais de cirurgia plástica, possuindo grande experiência nessa área.

escolha um cirurgião plastico qualificado

Escolha um cirurgião plástico qualificado!

Segundo dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, o Brasil é o segundo país que mais realiza procedimentos relacionados a esse ramo, ficando atrás apenas dos Estados Unidos e contendo um crescimento progressivo com o passar dos anos.

Porém, com o crescimento constante da procura por cirurgias, também cresce o número de profissionais despreparados para realizar o procedimento, não possuindo autorização para tal e podendo causar sérios riscos aos pacientes.

Por isso, é importante sempre certificar os requisitos necessários para que o cirurgião esteja apto a realização de qualquer procedimento estético, garantindo assim uma maior segurança.

Primeiramente, o cirurgião plástico passa por um período de 11 anos de estudo, sendo seis de medicina, dois de cirurgia geral e mais três anos fazendo residência em cirurgia plástica, tempo este sendo necessário para uma preparação adequada ao profissional.

Além disso, é importante que esse médico esteja certificado na Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) e também com as condições da clínica em dia.

Por fim, em casos que os profissionais se neguem a fazer a cirurgia plástica desejada e outro cirurgião aceite, tome cuidado, pois existem diversos motivos para uma cirurgia plástica não ser realizada, e a recusa de profissionais qualificados pode envolver motivos embasados em conhecimento e experiência na área.